Passarinho na versão Tupiniquin






Eu não podia deixar essa passar sem fazer nenhum comentário. Haaaaaa, mas não podia meeesmo!
A equipe do tão badalado Twitter anunciou hoje (aliás, ontem pois já passam da meia noite), que o site foi traduzido para o português do nosso Brasilzão. É isso mesmo, agora até meu poodle vai ter um, tadinho, não vai ficar sem pois tem que ficar na moda.
Eu criei uma conta logo no início da coisa, quando pouquíssimas pessoas tinham, mas assassinei o passarinho tempos depois. Vou ser bem direta: não tenho saco pra certos tipos de redes sociais! Pronto, falei.
Quem gosta do tal passarinho, pega pra criar mesmo, nada contra. O bom seria se os adoradores do tal passarinho devolvessem na mesma moeda: respeito indiferença. É que pra eles é quase surreal alguém não ter um twitter hoje em dia, simplesmente por não gostar da gaiolinha do pássaro azul. Tá certo, tá certo... NÃO SÃO TODOS, mas infelizmente é a grande maioria. E eu dou tanta gargalhada quando eu vejo um e outro limpando a gaiola do tal bichinho... Mas deixa isso pra lá que já é muito pano pra pouca manga.
O fato é que agora abriram as portas da gaiolinha pra todos os brasileiros, e eu estou mega ansiosa pra ver os próximos episódios de tudo isso. Mas de uma coisa tenho certeza: vou dar muita gargalhada futuramente...

Um comentário

  1. Olá Kerlynha,
    O twitter é a rede social mais chata e estúpida que existe. Um monte de bogagens, celebridades idiotas trocando farpas para aparecer e outras tantas baboseiras.
    Tenho um twitter por causa do blog, porém, raramente utilizo.
    Uma ótima quarta feira pra ti.

    ResponderExcluir