Trecho de Quinta #14


'Gosto de quem entende o que eu digo. De quem escuta o que eu penso. Dos meus discos. Dos meus livros. Da minha solidãozinha. Dos meus blues. Do meu umbigo. De unhas cor de carmim. De homem que sabe ser homem. De noites em claro e dias em branco. De chuva e de sol. Eu guardo as minhas rejeições em vidrinhos rotulados com o nome deles. Eu sou mole demais por dentro pra deixar todo mundo ver. Eu deixo pra quem eu acho que pode comigo.'

‘ |Fernanda Young|

Manifesto político através da música

Depois de um revigorante feriado volto a postar aqui no meu cantinho amado. Estava lendo uns artigos sobre a ditadura militar aqui no Brasil, e tive essa ideia de mostrar para vocês, meus leitores, como a música desempenhou um papel extremamente importante em manifestos políticos, e não só aqui nas terras tupiniquins, pois acredito que não há nada mais oportuno do que associar o vergonhoso caos político às manifestações artísticas de alerta, que visam a crítica direta ao que concerne o maior esclarecimento da massa, e isso em todo lugar que se vá.
A censura já se faz ouvir novamente em tempos modernos, onde a nova geração se encontra mais desavisada intectualmente, fruto do próprio investimento errôneo e proposital em educação, cujo o único intuito é distorcer a realidade com investidas rápidas.

A música tanto no Brasil quanto no exterior sempre foi ousadamente usada para alertar as pessoas dos feitos das nossas ''queridas'' autoridades.
Sempre achei esse assunto interessante de discutir, e impressiona o conceito (distorcido) de liberdade que temos, mas isso é pano pra muita manga e não quero fugir do foco real do post...
Aqui segue um playlist de algumas músicas que embalaram toda uma geração e que assumiram significativo papel diante às manifestações estudantis e populacionais:




War Pigs - Black Sabbath


''Políticos se escondem
eles apenas iniciam a guerra
por que eles deveriam sair para lutar
eles deixam isso para pobres
o tempo vai mostrar a força de suas mentes
fazendo guerra só por diversão
tratando as pessoas como peões num jogo de xadrez...''


Podres Poderes - Caetano Veloso


''Será que nunca faremos
Senão confirmar

A incompetência
Da América católica
Que sempre precisará
De ridículos tiranos
Será, será, que será?
Que será, que será?
Será que esta
Minha estúpida retórica
Terá que soar
Terá que se ouvir
Por mais zil anos''



Another Brick In The Wall - Pink Floyd




''Nós não precisamos de nenhuma educação
Nós não precisamos de nenhum controle de pensamento

Nenhum humor negro na sala de aula
Professor, deixe essas crianças em paz
Ei! Professor! Deixe essas crianças em paz
Em suma, é apenas um outro tijolo no muro
Em suma, você é apenas um outro tijolo no muro''





Territory - Sepultura



''Controle de escolha
Atrás da propaganda

Informação pobre
Para administrar sua raiva
Guerra por território''





Calice - Chico Buarque


''Esse silêncio todo
Me atordoa

Atordoado
Eu permaneço atento
Na arquibancada
Prá a qualquer momento
Ver emergir
O monstro da lagoa...''





Do The Evolution - Pearl Jam





''Me admire,admire meu lar
Admire meu filho,ele é meu clone
Yeah,yeah,yeah yeah
Esta terra é minha,esta terra é livre
Eu faço o que eu quiser,irresponsavelmente
É a evolução,baby''




B.Y.B.O - System Of A Down




''Por que os presidentes não lutam a guerra?
Por que eles sempre mandam os pobres?
Por que eles sempre mandam os pobres?
Por que eles sempre mandam os pobres?
Por que eles sempre mandam os pobres?
rosas que ajoelham desaparecendo na
boca seca de Moisés
Arrombando o Fort Knox roubando
Nossas intenções''
 
 



Brasil - Cazuza



''Brasil!
Mostra tua cara
Quero ver quem paga
Pra gente ficar assim
Brasil!
Qual é o teu negócio?
O nome do teu sócio?
Confia em mim...
Não me convidaram
Pra essa festa pobre
Que os homens armaram
Pra me convencer
A pagar sem ver
Toda essa droga
Que já vem malhada
Antes de eu nascer...''
 
 
 
 
 
A música, em geral, é uma bomba de sentimentos soltos e exibidos através de canções, melodias, acordes, vozes e gritos... Não importa o quê, onde, em qualquer lugar a música está presente e faz diferença sim! É arte, é vida...
 

 

Trecho de Quinta #13



“Eu não gosto de montanha-russa, o brinquedo, mas gosto de montanha russa, a vida. Isso porque creio possuir um certo grau de responsabilidade que me permite saber até que altura posso ir e que tipo de tombo posso levar sem me machucar demasiadamente: alto demais não vou, mas ficar no chão o tempo inteiro não fico.”
Martha Medeiros – Non-Stop.

Sapatos Criativos

O especialista em design de calçados Kobi Levi resolveu dar um ar mais criativo para estes objetos tão desejado por nós  mulheres. 

“Na minha concepção artística o calçado é a minha tela. A peça é uma escultura de vestir”, afirma o artista.

Feitos à mão, os modelos impressionam pelo visual curioso, fato que vem destacando o designer cada vez mais no mundo da moda. Eu achei super criativo, mas não usaria (rsrsrs).
















Há! Onde foi que eu achei isso? AQUI Ó!

Trecho de Quinta #12



“Dizem que desgraça atrai desgraça,
e é bom que assim seja,
os baques me seriam muito dolorosos
se eu já não estivesse caído."



' (Chico Buarque)

#eu sou gay

"Adriele Camacho de Almeida, 16 anos, foi encontrada morta na pequena cidade de Tarumã, Goiás, no último dia 6. O fazendeiro Cláudio Roberto de Assis, 36 anos, e seus dois filhos, um de 17 e outro de 13 anos, estão detidos e são acusados do assassinato. Segundo o delegado, o crime é de homofobia. Adriele era namorada da filha do fazendeiro que nunca admitiu o relacionamento das duas. E ainda que essa suspeita não se prove verdade, é preciso dizer algo.

Eu conhecia Adriele Camacho de Almeida. E você conhecia também. Porque Adriele somos nós. Assim, com sua morte, morremos um pouco. A menina que aos 16 anos foi, segundo testemunhas, ameaçada de morte e assassinada por namorar uma outra menina, é aquela carta de amor que você teve vergonha de entregar, é o sorriso discreto que veio depois daquele olhar cruzado, é o telefonema que não queríamos desligar. É cada vez mais difícil acreditar, mas tudo indica que Adriele foi vítima de um crime de ódio porque, vulnerável como todos nós, estava amando.

Sem conseguir entender mais nada depois de uma semana de “Bolsonaros”, me perguntei o que era possível ser feito. O que, se Adriele e tantos outros já morreram? Sim, porque estamos falando de um país que acaba de registrar um aumento de mais de 30% em assassinatos de homossexuais, entre gays, lésbicas e travestis.

E me ocorreu que, nessa ideia de que também morremos um pouco quando os nossos se vão, todos, eu, você, pais, filhos e amigos podemos e devemos ser gays. Porque a afirmação de ser gay já deixou de ser uma questão de orientação sexual.

Ser gay é uma questão de posicionamento e atitude diante desse mundo tão miseravelmente cheio de raiva.

Ser gay é ter o seu direito negado. É ser interrompido. Quantos de nós não nos reconhecemos assim?

Quero então compartilhar essa ideia com todos.

Sejamos gays.

Independente de idade, sexo, cor, religião e, sobretudo, independente de orientação sexual, é hora de passar a seguinte mensagem pra fora da janela: #EUSOUGAY
Para que sejamos vistos e ouvidos é simples:

1) Basta que cada um de vocês, sozinhos ou acompanhados da família, namorado, namorada, marido, mulher, amigo, amiga, presidente, presidenta, tirem uma foto com um cartaz, folha, post-it, o que for mais conveniente, com a seguinte mensagem estampada: #EUSOUGAY

2) Enviar essa foto para o mail projetoeusougay@gmail.com

3) E só :-)

Todas essas imagens serão usadas em uma vídeo-montagem será divulgada pelo You Tube e, se tudo der certo, por festivais, fóruns, palestras, mesas-redondas e no monitor de várias pessoas que tomam a todos nós que amamos por seres invisíveis.

A edição desse vídeo será feita pelo Daniel Ribeiro, diretor de curtas que, além de lindos de morrer, são super premiados: Café com Leite e Eu Não Quero Voltar Sozinho.

Quanto à minha pessoa, me chamo Carol Almeida, sou jornalista e espero por um mundo melhor, sempre.
As fotos podem ser enviadas até o dia 1º de maio.

Como diria uma canção de ninar da banda Belle & Sebastian: ”Faça algo bonito enquanto você pode. Não adormeça.”

Não vamos adormecer. Vamos acordar. Acordar Adriele.

— Convido a todos os blogueiros de plantão a dar um Ctrl C + Ctrl V neste texto e saírem replicando essa iniciativa —

Texto extraído do Projeto eu sou gay. Vamos todos  participar?"


Ps.: um assunto a se pensar, aliás, não somente a se pensar, mas fazer algo sobre. Eu vou enviar minha foto, e quem puder faça o mesmo. Sei que fazendo isso, ainda assim, estaremos longe dessa crueldade e imbecilidade acabar, mas não nos custa nada tentar.

O Flusão Desencantou!



5 Gols! Essa postagem é especialmente dedicada ao meu paizão, que está só na alegria com essa goleada de hoje. O Fluminense desencantou!  heheheheheh...

# a tatoo que eu queria ter feito








Quem nunca quis ter um amigo como o Woody e o Buzz? Quem nunca tirou uma lição de amizade, lealdade e amor à família com os brinquedos do Andy? Quem nunca deu gargalhada e derramou lágrimas vendo Toy Story (1, 2 e 3) ?

"Ao infinito e além!"

Trecho de Quinta #11


"Como levou um tiro à queima roupa ao mesmo tempo em que recebia um beijo, Rosario confundiu a dor do amor com a dor da morte."


Rosario Tijeras - Jorge Franco

# pequenos momentos de felicidade



Ela estava com o coração extremamente acelerado depois de ter passado a última hora brincando de carrinho, de bola e de pega, com aquele toquinho de gente. Adora fazer isso, mas não tem mais energia suficiente para tanto, precisava descansar uns minutos para recuperar o fôlego. Foi nesse instante que ela parou e observou aquele pequeno menino, todo suado, que estava em sua frente. O amor e a ternura jorraram de seus olhos como uma fonte arremeça a água com força, mas com beleza e graça. Ver aquele sorriso cheio de dentes, repleto de sinceridade, desfaz toda e qualquer tempestade. Aquele ar doce, inocente, consegue disfarçar toda e qualquer dor. O garotinho chama para iniciar a nova sessão de brincadeiras, com aqueles olhos altivos a espera de amor, que conseguem tudo quando querem, e ela, mesmo cansada, obedece ao pedido. Em seus braços ele roda, brinca, e voa sem asas, e ela cai na gargalhada, e seu coração acelerado se enche de felicidade. Existe amores que são eternos, na realidade, todo amor de verdade é para sempre. Depois de muito brincar, chegou a hora dele ir dormir. Ela deu banho no menino, colocou-o na cama e recebeu aquilo que a desarma totalmente: ele a abraçou,deu um sorriso lindo e disse "Titia, eu te amo".  

O Rock and Roll não é só de homem!

O mundo sempre foi muito machista e preconceituoso, até alguns anos atrás o lugar da mulher era em casa cuidando dos filhos, do lar e esperando o marido chegar do trabalho. Dizer isso não me torna uma feminista, estou só expondo a história como ela é, isso é fato. Desde o século XX isso vem mudando, a mulher conquistou um espaço maior perante a sociedade, conseguiu o direito ao voto, a sua liberdade de expressão e hoje estão crescendo cada vez mais no campo profissional. E no rock não poderia ser diferente. Num estilo onde os homens "governavam", as mulheres só faziam o papel de groupies. Mas isso foi mudando, e o lado feminino ocupou uma parte importantíssima no mundo do rock. Vou tentar mostrar com quem...



Janis Joplin

Desbocada, rebelde, e beleza nunca foi seu forte, mas... QUE VOZ!!! Foi uma das pioneiras no estilo Rock and Roll de cantar e de viver. Rock, Blues e Soul eram a praia dela. Aliás, ela é frequentemente apontada como uma das  mais aclamadas intérpretes do rock e do blues. Infelizmente, Janis passou a priorizar mais a bebida e as drogas do que a música, morreu no dia 4 de outubro de 1970, aos 27 anos, de overdose. Sua maneira de apresentar-se, e o timbre único a eternizaram entre as grandes cantoras. Ela foi a primeira branca a fazer sucesso cantando blues mostrando como o seu talento poderia superar qualquer barreira. O que me admira na vida de Janis Joplin é a ousadia de dizer o que pensava, assumir que era essa vida louca que lhe dava prazer, sua intensidade, paixão pela música e pressa em viver. Falava o que pensava sem rodeios, sem papas na língua... e que língua afiada hein!



The Runaways




Foi a primeira banda de rock 100% feminina! Isso causou um impacto e tanto para a época. A banda foi inicialmente formada em 1975 por Joan Jett na guitarra e no vocal, Sandy West na bateria, Micki Steele como baixista e a compositora da banda Kari Krome. Os principais gêneros que tocavam eram hard rock, rock and roll e protopunk. Em 1976 entrou a vocalista Cherie Currie e outra guitarrista chamada Lita Ford. Nesse mesmo ano a baixista deixou a banda, tendo sido substituida depois por Jackie Fox. Como eu cresci ouvindo  rock, as The Runaways sempre tiveram lugar importante na minha "lista de músicas", eu as vejo como um divisor de águas, elas abriram as portas para todas as garotas que queriam tocar rock. Isso é fato! Infelizmente, as pessoas da época não estavam preparadas para ver um grupo de garotas adolescentes com atitude, que tocavam rock e faziam as suas próprias músicas, fora que a imprensa bombardeava sempre o grupo, aproveitando-se da posição dos mais conservadores. Juntando com problemas internos, a banda feminina chega ao fim depois de 4 anos desde sua formação inicial.



Suzi Quatro



 
Suzi Quatro foi outra pioneira no mundo do rock, sendo uma das primeiras metaleiras que se tem conhecimento. Ela gravou 14 discos, música de primeira até umas horas! O ápice de sua carreira foi nos anos 70 quando emplacou hits como: Can the can, 48 Crash, Daytona Damon e Rolling Stone.


Rita Lee



AÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ...!

"Porque nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda, o meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem...!"

Ai, ai,ai... não se pode falar de rock feminino sem falar na Rita, é lógico! Ela já vendeu mais de 55 milhões de discos, e é uma mega puta cantora, compositora, intérprete... faz bem tudo o que faz, isso é inegável. Tem mais de 40 anos de carreira composta com uma grande dose de ecletismo, pois sendo uma filha legítima do Tropicalismo, ela desfila sem pudores pelas mais diversas avenidas musicais, vai do rock paulera até bossas, baladas românticas... Adoro, admiro e respeito muito o trabalho dela. Pois é, rock feminino no Brasil sim!


Eu poderia citar mais exemplos para vocês, mas já passam das tantas da madrugada e meu querido Morpheu já veio me cobrir com seu manto. Acredito que ilustrei bem o post com essas divas do rock. Fico por aqui, até a próxima!

 




" I know, it's only rock and roll, but i like it. "