# pequenos momentos de felicidade



Ela estava com o coração extremamente acelerado depois de ter passado a última hora brincando de carrinho, de bola e de pega, com aquele toquinho de gente. Adora fazer isso, mas não tem mais energia suficiente para tanto, precisava descansar uns minutos para recuperar o fôlego. Foi nesse instante que ela parou e observou aquele pequeno menino, todo suado, que estava em sua frente. O amor e a ternura jorraram de seus olhos como uma fonte arremeça a água com força, mas com beleza e graça. Ver aquele sorriso cheio de dentes, repleto de sinceridade, desfaz toda e qualquer tempestade. Aquele ar doce, inocente, consegue disfarçar toda e qualquer dor. O garotinho chama para iniciar a nova sessão de brincadeiras, com aqueles olhos altivos a espera de amor, que conseguem tudo quando querem, e ela, mesmo cansada, obedece ao pedido. Em seus braços ele roda, brinca, e voa sem asas, e ela cai na gargalhada, e seu coração acelerado se enche de felicidade. Existe amores que são eternos, na realidade, todo amor de verdade é para sempre. Depois de muito brincar, chegou a hora dele ir dormir. Ela deu banho no menino, colocou-o na cama e recebeu aquilo que a desarma totalmente: ele a abraçou,deu um sorriso lindo e disse "Titia, eu te amo".  

Um comentário

  1. own, q lindo, Kerlinha!

    É bom demais poder dar e receber um amor, tão sincero como esse. *.*

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir