O Rock and Roll não é só de homem!

O mundo sempre foi muito machista e preconceituoso, até alguns anos atrás o lugar da mulher era em casa cuidando dos filhos, do lar e esperando o marido chegar do trabalho. Dizer isso não me torna uma feminista, estou só expondo a história como ela é, isso é fato. Desde o século XX isso vem mudando, a mulher conquistou um espaço maior perante a sociedade, conseguiu o direito ao voto, a sua liberdade de expressão e hoje estão crescendo cada vez mais no campo profissional. E no rock não poderia ser diferente. Num estilo onde os homens "governavam", as mulheres só faziam o papel de groupies. Mas isso foi mudando, e o lado feminino ocupou uma parte importantíssima no mundo do rock. Vou tentar mostrar com quem...



Janis Joplin

Desbocada, rebelde, e beleza nunca foi seu forte, mas... QUE VOZ!!! Foi uma das pioneiras no estilo Rock and Roll de cantar e de viver. Rock, Blues e Soul eram a praia dela. Aliás, ela é frequentemente apontada como uma das  mais aclamadas intérpretes do rock e do blues. Infelizmente, Janis passou a priorizar mais a bebida e as drogas do que a música, morreu no dia 4 de outubro de 1970, aos 27 anos, de overdose. Sua maneira de apresentar-se, e o timbre único a eternizaram entre as grandes cantoras. Ela foi a primeira branca a fazer sucesso cantando blues mostrando como o seu talento poderia superar qualquer barreira. O que me admira na vida de Janis Joplin é a ousadia de dizer o que pensava, assumir que era essa vida louca que lhe dava prazer, sua intensidade, paixão pela música e pressa em viver. Falava o que pensava sem rodeios, sem papas na língua... e que língua afiada hein!



The Runaways




Foi a primeira banda de rock 100% feminina! Isso causou um impacto e tanto para a época. A banda foi inicialmente formada em 1975 por Joan Jett na guitarra e no vocal, Sandy West na bateria, Micki Steele como baixista e a compositora da banda Kari Krome. Os principais gêneros que tocavam eram hard rock, rock and roll e protopunk. Em 1976 entrou a vocalista Cherie Currie e outra guitarrista chamada Lita Ford. Nesse mesmo ano a baixista deixou a banda, tendo sido substituida depois por Jackie Fox. Como eu cresci ouvindo  rock, as The Runaways sempre tiveram lugar importante na minha "lista de músicas", eu as vejo como um divisor de águas, elas abriram as portas para todas as garotas que queriam tocar rock. Isso é fato! Infelizmente, as pessoas da época não estavam preparadas para ver um grupo de garotas adolescentes com atitude, que tocavam rock e faziam as suas próprias músicas, fora que a imprensa bombardeava sempre o grupo, aproveitando-se da posição dos mais conservadores. Juntando com problemas internos, a banda feminina chega ao fim depois de 4 anos desde sua formação inicial.



Suzi Quatro



 
Suzi Quatro foi outra pioneira no mundo do rock, sendo uma das primeiras metaleiras que se tem conhecimento. Ela gravou 14 discos, música de primeira até umas horas! O ápice de sua carreira foi nos anos 70 quando emplacou hits como: Can the can, 48 Crash, Daytona Damon e Rolling Stone.


Rita Lee



AÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ...!

"Porque nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda, o meu peito não é de silicone, sou mais macho que muito homem...!"

Ai, ai,ai... não se pode falar de rock feminino sem falar na Rita, é lógico! Ela já vendeu mais de 55 milhões de discos, e é uma mega puta cantora, compositora, intérprete... faz bem tudo o que faz, isso é inegável. Tem mais de 40 anos de carreira composta com uma grande dose de ecletismo, pois sendo uma filha legítima do Tropicalismo, ela desfila sem pudores pelas mais diversas avenidas musicais, vai do rock paulera até bossas, baladas românticas... Adoro, admiro e respeito muito o trabalho dela. Pois é, rock feminino no Brasil sim!


Eu poderia citar mais exemplos para vocês, mas já passam das tantas da madrugada e meu querido Morpheu já veio me cobrir com seu manto. Acredito que ilustrei bem o post com essas divas do rock. Fico por aqui, até a próxima!

 




" I know, it's only rock and roll, but i like it. "


5 comentários

  1. Oi Kerlynha,
    Olha, tenta ouvir o Direto da Toca 7 por esse link:
    http://www.4shared.com/audio/JHsoI4Na/Direto_da_Toca_7.html
    É só usar o player da página mesmo, ok? Qualquer coisa me fala.

    É claro que o rock não é só para os homens. E o exemplo está aí, grandes nomes que você citou. Tem várias: Pat Benatar é outra que merece ser citada e a banda Girlschool. Fica mais essas duas dicas.
    Suzi Quatro é uma ótima cantora além de ótima baixista também.
    Janis Joplin dispensa comentários. Dona de uma voz arrebatadora e inigualável.
    Excelente matéria.
    Beijo e ótima sexta feira pra ti.

    ResponderExcluir
  2. Ai, Kerlynha, se fosse só você a gente dava um jeito viu? .___. huahua
    Acho que é um tipo de conspiração contra nós blogueiros, todo mundo sem tempo pra postar de uma vez só! huahua

    Gente, fiz um comentário mais cedo nesse post e acho que esqueci das letrinhas ou coisa do tipo D:
    Aaah tou tão cansada ç____ç mas parei de drama! huahua
    Enfim, adorei o post e o preconceito não é só com cantoras roqueiras, mas com a gente que gosta também. '-' Pelo menos na minha cidade é raro dizer "Prefiro ouvir Beatles que ouvir Luan Santana", quandoeu digo me olham torto. D: Comoquefaz? huahua

    Beijinho! :D

    ResponderExcluir
  3. Nossa a unica que conheço nessa lista é a Rita Lee :e
    Nem sou desligada ne...
    Beijos :s

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro as músicaas antigas de Rita Lee! Ela era genial!

    Já escutei um pouco de Suzi Quatro, tb. Múscias da coleção de mamãe. Mto bom!

    Adorei o post!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  5. adooreei!!!
    Essa citaçao que tu colocou eh Rita Lee?
    Muito legal. Eu concordo com a frase \o/ e o meu tb n eh silicone,hahaha.

    bjuu

    ResponderExcluir