Chorando no Escuro

Ontem me afoguei em lembranças que estavam escondidas, mas tão escondidas que quase não as encontro. Chorei feito bebê. Mas não era fome, nem sono, nem birra, nem manha. Era saudade mesmo. A morte deixa uma dor que não tem cura.

Nenhum comentário

Postar um comentário