# pequenos momentos de felicidade

Esses dias saí do trabalho e fui passear por uma praça aqui da cidade. Tinha muita gente, alguns se exercitando, outros tomando água de coco em um dos quiosques, e outros que, assim como eu, foram contemplar mais um lindo fim de tarde.
Eu amo ver o pôr do sol, me sinto leve, me sinto em paz. Estavam tocando músicas do João Gilberto e do Chico Buarque bem pertinho de mim. Era um grupo de três rapazes, um com um violão, o outro com um sax, e o terceiro era quem soltava a voz. Aquelas melodias transformaram o meu fim de tarde num mais bonito. De repente o moço do saxofone começou a tocar "Como é Grande o Meu Amor Por Você". Lembrei que há muito tempo minha mãe e eu dançamos juntas essa música no meio da nossa cozinha. Acho que ali, naquele instante, votamos a ser uma só, como quando eu ainda estava dentro de sua barriga. Ela cantava de uma forma tão forte, mas ao mesmo tempo tão doce. "Nunca se esqueça nenhum segundo, que eu tenho amor maior do mundo, como é grande o meu amor por você."
Nessas horas eu penso: mesmo tendo ido há quase oito anos, ela sempre arruma um jeito de falar comigo.

Nenhum comentário

Postar um comentário