Memórias De Uma Gueixa



Sinopse:


"Memórias de uma Gueixa" é um romance fascinante, para ser lido de várias maneiras: como um mergulho na tradicional cultura japonesa, ou um romance sobre a sexualidade, e ainda, como uma descrição minuciosa da alma de uma mulher já apresentada por um homem. Seu relato tem início numa vila pobre de pescadores, em 1929, onde a menina de nove anos é tirada de casa e vendida como escrava. Pouco a pouco, vamos acompanhar sua transformação pelas artes da dança e da música, do vestuário e da maquiagem; e a educação para detalhes como a maneira de servir saquê revelando apenas um ponto do lado interno do pulso - armas e mais armas para as batalhas pela atenção dos homens. Mas a Segunda Guerra Mundial força o fechamento das casas de gueixas e Sayuri vê-se forçada a se reinventar em outros termos, em outras paisagens.

Opinião do Deputamadre:

Embora seja ficção, a narrativa passa uma ideia de biografia (que eu adoro!), aliás, parece que Sayuri está sentada ao nosso lado, nos contando sua vida.
 A leitura é leve e agradável. É uma história doce, que passa a sensação de verdadeira, de uma vida conturbada, cheia de altos e baixos, de determinação e superação e de vitória.
Além disso, o livro é muito rico em detalhes, adorei as descrições das roupas, da maquiagem, dos lugares... E saber mais sobre a fascinante cultura japonesa e as tradições das gueixas foi maravilhoso.
Mas é um romance simples, embora uma ou outra parte nos deixe com certa expectativa, não tem nada de muito empolgante... Não é aquele livro que te deixa ansioso pelo final, sabe?! Aquele que te faz virar a noite ou aproveitar qualquer minutinho pra ler mais um pouco! Pelo menos comigo foi assim, e isso me decepcionou bastante!
Eu gostei do livro, mas não entrou pros favoritos!


Do Filme:

Quanto ao filme, eu gostei bastante, ele  foi fiel ao livro a medida do possível e conseguiu manter a sensibilidade e a beleza da estória.
 Destaco a atriz Gong Li, que foi brilhante e impecável no papel de Hatsumomo. Os olhos dela ardiam em chamas, assim como os de Hatsumomo no livro. Já a atriz Zhangi Ziyi, ao meu ver, deixou um pouco a desejar... Muito insossa, sem sal... penso que ela não conseguiu passar toda a intensidade de Sayuri. Destaco também a atriz Michelle Yeoh (Mameha) , que foi PERFEITA! Excelente atuação!



Bom, recado dado!
Espero que aproveitem...

Bjoks!
;)

Nenhum comentário

Postar um comentário