Mark Ryden - A fome surreal

Um amigo meu, literalmente, me jogou o nome Mark Ryden e disse: "veja as obras do cara que tenho certeza que tu vai gostar!". E ele acertou (como sempre).
Fui surpreendida por uma série de desenhos alucinantes, esquisitos e um tanto quanto curiosos. O trabalho dele é bastante detalhado, envolve principalmente caricaturas, e uma espantosa combinação de garotinhas, carne, numerologia, simbologia, religião dentre outros (muitos outros). Fiquei tão intrigada (bestificada é a palavra mais adequada), que resolvi "estudar" a vida do dito cujo, e não é que eu fiquei sabendo que ele é um dos mais respeitados artistas plásticos underground de todos os tempos! O cara "tá" bem na fita!!! (rsrsrsrs).
Não sei se é porque gosto de coisas que despertam minha curiosidade, ou (muito provavelmente) meu lado que adora tudo que fuja do normal também ajudou, o fato é que eu adorei tudo que vi até agora: pinturas, o lado surreal, pitadas renascentistas, etc, etc, etc... Tudo que pude identificar (até o momento) analisando as obras de Ryden, me fazem querer saber cada vez mais sobre seu trabalho. Gente, o cara faz uma união brilhante de coisas bizarras, amáveis e grotescas num só lugar e fica perfeito!
E, para que vocês fiquem curiosos (assim como eu) tentando entender o que se passa na mente deste desenhista, deixo aqui algumas obras do mesmo. E meu muito obrigado à Adriano Araújo (o cara que me bombardeou o fenômeno Ryden) por mais essa...






















































3 comentários

  1. Massa demais!!!!
    Acredito que muitos irão gostar!
    Du caraleooooo meeeeeeeeeeesmo!!!
    hehehehe

    ResponderExcluir
  2. Eu odiei.Dá pra ver que o cara é illuminati. Na primeira imagem bem ao fundo tem a pirâmide com o tal olho que tudo vê, que na simbologia oculta representa o anticristo, e no decorrer das imagens vemos varias referências ao olho, sem contar as referências ao cristianismo, onde sempre debocham dos cristãos com imagens ofensivas. O numero treze na primeira imagem é um número importante no ocultismo.

    ResponderExcluir